11 3873-6696

Casa das Caldeiras

Casa das Caldeiras um patrimônio cultural

arte, território, patrimônio. e agora pessoas.

Acompanhe a Casa das Caldeiras no YouTubeAcompanhe a Casa das Caldeiras no YouTube Acompanhe a Casa das Caldeiras no FacebookAcompanhe a Casa das Caldeiras no Facebook Acompanhe a Casa das Caldeiras no TwitterAcompanhe a Casa das Caldeiras no Twitter Acompanhe a Casa das Caldeiras no Google PlusAcompanhe a Casa das Caldeiras no Google Plus

Família por Famílias – Mapeamento Fotográfico

Família por Famílias – Mapeamento Fotográfico

oficinas com jovens no CRAS Lago Azul - Franco da Rocha

“O que importa é o olhar. Mas as pessoas não olham, a maioria não observa, apenas aperta o botão.”
Henri Cartier-Bresson

 

Como parte da programação da Associação Cultural Casa das Caldeiras para o projeto selecionado pelo Ponto de Cultura - OBRAS EM CONSTRUÇÃO, comunicamos o ciclo de oficinas entre março-abril, oferecida pelo fotógrafo Leandro Moraes, que vem participando das vivências do nosso projeto Manual da Família:

FAMÍLIA POR FAMÍLIAS: Objetivo dessa oficina é trabalhar o olhar dos jovens e suas relações afetivas na família, através da fotografia.  Com o uso das câmeras analógicas iremos estimular dois olhares:

  • O primeiro olhar é o resgate de uma fotografia de observação e também o reaproveitamento desses equipamentos analógicos que estão no mercado.
  • O segundo olhar é através da criação partindo dessa observação inicial, afim de construir um “instante decisivo” da relação dos jovens com suas famílias em seus ambientes.

PÚBLICO ALVO: Dez jovens (de 15 à 18 anos) que participam do grupo de encontro do CRAS Lago Azul, no território do Município de Franco da Rocha.

 

CRONOGRAMA: O programa será distribuído em 04 encontros, sendo um por semana, de 03 horas de duração cada um. 

AULA

 PERÍODO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1ª encontro

13/março

 

3h

Apresentação dos participantes

Apresentação do Oficineiro - Leandro Moraes

Apresentação da Oficina “Família por Famílias”

 

2ª encontro

20/março

 

3h

 

(A)Construção do Olhar “Narrativas e suas histórias”

(B)Construção do Olhar lúdico na família

(C)Câmera da Família (entrega)  

 

3ª encontro

27/março

 

3h

 

(A)Câmera da Família (devolução)

(B)“Narrativa e sua história na Família” (conversa)

 

4ª encontro

10/Abril

 

3h

 

(A)Construção “Narrativa Família por Famílias

(B)Depoimento “Família por Famílias” (vivência)

 

RESULTADO: O resultados dos encontros com os adolescentes junto ao material produzido por eles na vivência “Família por Famílias” terão duas etapas para ação “Casa Aberta”, no dia 30 de Abril, na Casa das Caldeiras. Sendo:

  • Painel expositivos com suas câmeras fotográficas, um contato fotográfico ( todas imagens registrada pelo filme ), e uma fotografia selecionada e ampliada. Assim teremos uma linha da “Construção do Olhar”, dentro da vivência “Família por Famílias”, com o resultado de uma narrativa mais “afetiva” para a família por meio do seu próprio registro fotográfico.
  • Apresentação em vídeo com a “Construção da Narrativa Família por Famílias”, produção de um vídeo com todo material editado. Assim construiremos na forma de um mini documentário, uma linguagem mais afetiva do material produzido junto de um outro olhar para a Família.

 

JUSTIFICATIVA: Na sociedade da geração “z”, onde o crescimento das câmeras digitais, dos smartphones e do acesso à informação é cada vez maior, vemos grande parte dos jovens registrando seus universos através de “Selfies” e colocando essas imagens em um ambiente digital.

Tendo em vista o panorama acima temos o surgimento de algumas problemáticas, como as apresentadas na pesquisa da “Selfie Death”, fenômeno que leva pessoas a quererem se retratar em situações de extremo risco e perigo. Em outra pesquisa, denominada “Selficídio”, classifica-se um sintoma chamado TDC (transtorno dismórfico corporal), doença metal caracterizada por uma insatisfação com a própria imagem.

Sendo assim, percebemos que o volume de fotos postadas nas redes não possuem uma preocupação do registro como algo documental, das pessoas em seu ambiente familiar e suas relações afetivas dentro de suas casas e território.   

“A gente olha e pensa: Quando aperto? Agora? Agora? Agora? Entende? A emoção vai subindo e, de repente, pronto. É como um orgasmo, tem uma hora que explode. Ou temos o instante certo, ou o perdemos…e não podemos recomeçar…” - Henri Cartier-Bresson

 OFICINA DE MEDITAÇÃO E YOGA

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para Família por Famílias – Mapeamento Fotográfico

Enviando Comentário Fechar :/
Patrocinadores
Patrocinadores
Patrocinadores
Patrocinadores