11 3873-6696

Casa das Caldeiras

Casa das Caldeiras um patrimônio cultural que oferece eventos diferenciados.

arte, território, patrimônio. e agora pessoas.

Acompanhe a Casa das Caldeiras no YouTubeAcompanhe a Casa das Caldeiras no YouTube Acompanhe a Casa das Caldeiras no FacebookAcompanhe a Casa das Caldeiras no Facebook Acompanhe a Casa das Caldeiras no TwitterAcompanhe a Casa das Caldeiras no Twitter Acompanhe a Casa das Caldeiras no Google PlusAcompanhe a Casa das Caldeiras no Google Plus

Diário do Manual #44

Diário do Manual #44

conexão, uma linha de comunicação

A vida é movimento e é preciso desenvolver habilidade para se conectar com o outro, em busca de relações saudáveis, de qualidade e respeito mútuo. Empatia, tempo, paciência, equilíbrio... elementos que quando presentes em nosso cotidiano, colaboram para a comunicação acontecer.

Ligando dois pontos pela conexão

Nos Diários do Manual anteriores, refletimos muitas vezes sobre a importância da conexão, ou do estar presente.

Estar de corpo e alma participando de um momento, prestando atenção aos detalhes, participando efetivamente dos instantes, se relacionando verdadeiramente com as pessoas com quem convivemos.

Estar conectado com quem está ao nosso redor, para assim compreendermos a complexidade, a intensidade de cada relação e a infinidade de caminhos que se abre a partir de cada interação.

Como educar um filho? Como lidar com uma separação? Como cuidar de uma pessoa com problemas de saúde? Como incentivar alguém a recomeçar? Como mudar uma rotina pré-estabelecida que já não funciona ou já não cabe no momento atual?

Existe alguma fórmula mágica para lidar com o novo e fazer dar certo? Ou um procedimento padrão para lidar com um passado que machuca ou com o presente que se apresentar desorganizado ou desorientado?

Nós do Manual acreditamos que a fórmula mágica é exatamente a compreensão de que não existe uma fórmula mágica! Acreditamos que as respostas se encontram nas próprias situações e no caminho - para percebê-las é preciso entrega, compromisso, percepção, presença, compaixão... e para isso, CONEXÃO.

Mais do que ouvir conselhos, dicas de como fazer algo e sair por aí pesquisando sobre como se comportar diante de cada situação, se conectar com o outro é sentir e acionar um estado de presença que pode nos fazer agir para além das explicações teóricas, para além das palavras e do que é sabido. É possível descobrir o novo quando nos permitirmos a aprender no caminho e em conexão.

Se conectar, exercitar o estado de presença é entender a relação estabelecida ali naquele momento, para criar o seu próprio jeito de fazer, de tentar, de errar, mas também de acertar.

co·ne·xão

Ato ou efeito de conectar, de ligar ou de unir; ligação, união.

Aquilo que conecta, liga ou une.

Relação lógica entre ideias ou fatos; coerência, nexo.

Linha de comunicação entre dois pontos.

Partindo da ideia de uma linha de comunicação, a conexão é o elo que nos permite compreender a complexidade do universo da outra pessoa, o ambiente ao nosso redor e enxergar com mais clareza as diversas possibilidades para agir.

Em família e em sociedade precisamos estabelecer uma linha de comunicação com o outro para que seja possível nos relacionarmos de forma saudável com ele.

Se você é pai ou mãe, precisa se comunicar com os seus filhos.

Se você é filha, neto, primo, amiga, colega de trabalho, companheira... experimente e crie suas próprias formas de estabelecer conexão, e se comunicar por inteiro e de verdade.

A conexão é afeto. E com afeto, avançamos com generosidade para o melhor convívio em família e em sociedade.

Podemos experimentar e nos aventurar!

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para Diário do Manual #44

Enviando Comentário Fechar :/
Patrocinadores
Patrocinadores
Patrocinadores
Patrocinadores